História

Tudo começou em 1881, quando os irmãos William, John e Robert construíram em Islay, uma remota ilha escocesa, a destilaria de uísque Bruichladdich. A indústria desse produto, no entanto, sofria com períodos cíclicos de expansão e retração, levando várias propriedades a fechar naquele século.

Em 1994, Bruichladdich foi adquirida pelos comerciantes de vinho Simon Coughlin e Mark Reynier. Ambos acreditavam no conceito de terroir, tanto para destilados quanto para vinhos, e isso os deixou preparados para contradizer o propósito inicial da destilaria e testar novas ideias, julgando as coisas pelo sabor e elevando os ingredientes.

Através do destilador principal Jim McEwan e o gerente da destilaria Duncan McGillivray, surge em 2010 uma rara expressão do coração e da alma da ilha escocesa. Depois de identificarem 33 ervas, folhas e flores comestíveis que poderiam ser cultivadas de forma sustentável por seu sabor e cheiro, 22 foram selecionadas e a receita não mudou desde então. Nasce aí o gin The Botanist.

THE BOTANIST

“Ao destilar o The Botanist, estamos criando algo que vai além de uma bebida. É uma representação do lugar de onde viemos. É uma forma de mostrar nosso lar para todos e nosso amor por ele. Destilar é um estilo de vida. Para nós, é uma forma de comunicação com o mundo. Usamos a arte da destilação e a conexão com a terra, nossa casa, para criar um gin maravilhoso que fala da sua origem.”

Corpo

Textura de cetim liso; a bebida desliza pelo palato. A viscosidade do líquido é excepcional.

Aromas

Um buquê de frescor à base de ervas, zimbro e frutas cítricas. Notas doces, picantes e terrosas de cássia e coentro estabelecem uma base para a delicada complexidade do gin.

Na boca

Rico, suave e fresco na entrada, aquece no palato, estimulando as papilas gustativas com um frescor cítrico e uma sensação redonda na boca. Cada gole revela combinações mais complexas de sabores.

O final

Relaxado e equilibrado. A viscosidade de uma destilação lenta traz à tona um equilíbrio diferente de sabores e ervas.

'Nossa inspiração vem de casa e das plantas selvagens que crescem lá. Mas também vem das pessoas. Pessoas que vivem e trabalham aqui, que dão vida ao The Botanist, não importa onde estejam.'

'Nossa inspiração vem de casa e das plantas selvagens que crescem lá. Mas também vem das pessoas. Pessoas que vivem e trabalham aqui, que dão vida ao The Botanist, não importa onde estejam.'