Vinho Branco E.Guigal Hermitage 750ml

  • E.Guigal Produtor: E.Guigal
  • Cód: BVIBRGUEMXXSCXX000000001
Vinho Branco E.Guigal Hermitage 750ml 0% 0 (0) Seja o primeiro a avaliar
Descrição: Extremamente elegante, o Vinho E.Guigal Hermitage Branco é um exemplar de qualidade e com máxima pontuação pelos críticos de vinhos, ideal para degustar em momentos especiais. Elaborado em uma das vinícolas francesas mais admiradas, apresenta cor amarelo brilhante e uma combin... Saiba mais
BRL

Descrição

Extremamente elegante, o Vinho E.Guigal Hermitage Branco é um exemplar de qualidade e com máxima pontuação pelos críticos de vinhos, ideal para degustar em momentos especiais.
Elaborado em uma das vinícolas francesas mais admiradas, apresenta cor amarelo brilhante e uma combinação aromática de notas de frutas brancas e florais, toques minerais e elegante influência da madeira, reunidos em um paladar fino, rico e extremamente refrescante. Prove com peixes com molhos cremosos, massas ao molho branco, paella, pratos à base de aves, queijos leves e médios.

Características

Notas de Degustação: Tipo: Branco e Seco. Uva: 95% Marsanne, 5% Roussanne. Região: Hermitage – AOC (Rhône – norte) Teor Alcoólico: 13,5% Amadurecimento: 24 meses em barricas de carvalho de segundo uso. Temperatura: 10°c – 12°c Decanter: Não. Aroma: Notas intensas, florais, mel de acácia e vegetais. Paladar: Estruturado, picante, harmônico, rico e raro. Corpo: Médio – encorpado. Harmonização: entradas, frutos do mar, peixes ao forno, risotos, carne suína, massas, molhos cremosos e com queijo, queijos médios, etc... Guigal: Conhecido como o "Rei do Rhône"; Sua história começa quando Etienne Guigal funda uma pequena vinícola em 1946; Étienne Guigal chega em Ampuis aos 14 anos de idade (em 1923) e precisava de um trabalho pois seu pai havia falecido; Trabalhou muito até se tornar um "cellar-maste""; Se casou com Marcelle, moça que trabalhava para uma rica família que morava no Chateau d"Ampuis; 1943- Nasce seu filho Marcel Guigal; 1946- A vinícola Domaine E. Guigal foi fundada. 1961- Etienne sofre de uma doença e fica cego; Aos 17 Marcel Guigal assume a operação da vinícola; Problemas: A autoridade local ameaça construir casas no local onde estavam as apelações "Cote Rotie"; (vinhedos com 24 séculos de idade!) Marcel Guigal, um homem com seus poucos 18 anos, lidera a luta da comunidade contra a execução do projeto; O esforço valeu a pena: A partir desse momento a apelação Cote Rotie não parou de se desenvolver! Marcel continua a se dedicar ao trabalho com a mesma dedicação de seu pai; 1984: Marcel adquire a Vidal-Fleury, vinícola que seu pai trabalhou; O pai e a mãe de Marcel Guigal faleceram em 1988, infelizmente impossibilitados de presenciar mais um triunfo de seu filho: 1995: Marcel compra o Chateau d"Ampuis, propriedade na época inativa, que sua mãe havia trabalhado antes de seu nascimento. Em somente 3 gerações (60 anos) a família Guigal se tornou conhecida por produzir uma das mais notáveis coleções de vinhos do mundo, além da enorme quantidade de vinhos de alta qualidade e a preços competitivos; A família Guigal é responsável por 50% de toda a produção da AOC Condrieu e por 40% da produção de Cote Rotie! Estão presentes em todas as AOCs da região norte do Rhône; Hoje, Philippe Guigal da continuidade ao trabalho de seu pai Marcel desde 1995. Marcel Guigal: Um pioneiro. Primeiro a introduzir viticultura natural na região (anos 70); Primeiro a vinificar em tanques de inox e com controle de temperatura; Re-introduziu longos estágios em novas barricas de carvalho; Introduziu o conceito de "vinhedo único" em Cote Rotie; Responsável pela imagem do Vale do Rhône na França e ao redor do mundo; Foi nomeado o "homem do ano" pela revista Decanter em 2006: "Por quase 4 décadas Marcel Guigal nunca deu um passo em falso. Ele provou que os vinhos de sua terra natal Cote Rotie e de Condrieu estão entre os melhores do mundo, além de vender uma imensa quantidade de vinhos de qualidade impecável. a um preço muito justo"" (Stephen Brook. King of the Rhône. Decanter April 2006)."